27.6.02

fansign fófys da lila:



por que vocês mandam fansigns com fotos minhas, hein?

26.6.02

não tou a fim de trabalhar hoje.
brasil 1 x 0 alemanha foi foda, hein galvão?

25.6.02

já falei por aqui que meu intestino é anti-imperialista, né? pois é, ele nunca falha. comi um mc frança às 19h30 (bem bonzinho, por sinal. melhor que o lixo do mc itália e mc usa) e pontualmente às 20h35 ele foi posto pra fora do meu corpo, depois de expelir uns flatos bem carregados. depois, ainda fui três vezes pintar a porcelana.

mas eu não desisto. tenho que convencer meu intestino comuna a entrar pro mundo dos neo-liberais.
nossassinhora. entraram aqui procurando por "como se estria un cañon".

aonde vamos parar, google?
sabe aqueles dias em que murphy resolve te fazer uma visita super legal? pois. são 4h da tarde e está fazendo o maior sol da paróquia. estou no ônibus. peço parada. desço e imediatamente começa a chover muito forte. não é uma chuvinha besta, é um toró brabo, desses que pingam forte, ventam e não tem abrigo que te abrigue. tento, em vão, me proteger com os exames da minha mãe, mas só faço porcaria. como sei que de nada ia adiantar ficar debaixo do ponto do ônibus, vou andando ao meu destino, pertinho dali. bastou eu entrar na loja pra a chuva parar. a chuva não durou nem três minutos. foi só pra me molhar mesmo. não preciso nem dizer que eu parecia um pinto molhado, todas as minhas coisas viraram lama e minha mãe ainda tentou amenizar as histórias com um lenço de papel.

fui na ginecologista depois dali. tudo ok com as minhas partes.
minha diversão é fazer pulseirinhas. com um metro de napa e rebites, desses que os panques usam, dá pra fazer coisas derilho. fiz três pra mim, uma feiosa, grande, com tachinhas retangulares e duas menores, com bolinhas e losanquinhos. feras. escanearei.
minha idade mental:

21

I act like I'm 21.
This test was brought to you by BLX - Cheap laughs....

eu tinha postado aqui, na sexta-feira meu apelo AJUDE CECÍLIA A DEFINIR SEU TEMA DO PROJETO DE GRADUAÇÃO, mas simplesmente não saiu. esse blogger é uma merda vezenquando. recebi várias sugestões dos meus coleguinhas de lista, me ajudaram deveras. (obrigada a todos).

vou colar meu email-apelo pra vocês me ajudarem também:

Gente, é o seguinte:

Tou no sétimo período de Programação Visual, falta mais um semestre pra eu me formar e já tou tendo que começar a escrever meu projeto de graduação. Desde o ano passado já tava com uma idéia fixa na cabeça: fazer algo relacionado com fanzines (uma coisa que sempre gostei), um análise tipográfica ou estética, sei lá. Alguma coisa acerca disso. Só que ano passado fui contemplada com uma bolsa de pesquisa do cnpq e (mesmo que ela esteja caminhando a passos de formiguinha) estamos
pesquisando na área de arte-educação, mais especificamente o processo do desenho infantil. É bem legal essa área e teria um orientador certo se direcionasse meu projeto por aí. Mas aí perco um pouco o tesão, fico sempre achando que podia fazer algo mais instigante.

Como gosto muito de música, sempre quero pensar em algo relacionado a isso, claro que direcionando pra a parte gráfica da coisa. Capa de disco já foi muito visado por alunos que já se formaram. Pensei em coisas como posters, mas também não sei delimitar bem o quê.

Resta que eu tou completamente perdida e tenho que entregar um tema pra a professora da disciplina até amanhã, mesmo que eu mude completamente daqui pro próximo semestre, ou mesmo semana que vem.

O que eu quero de vocês: ME AJUDEM A DEFINIR UM TEMA, mesmo que seja amplo demais. Sugiram qualquer coisa, até das merdas saem coisas legais, como os cogumelos. Por Tutatis, meus queridos, me ajudem. Será de grande valia.

Muito grata,
cecils.


eu meio que me decidi por fanzines mesmo, uma análise estética de fanzines na era da xérox e hoje em dia, na era da web. não delimitei ainda, não sei nem um problema a ser solucionado com o meu tema. mas é por aí. vamos caminhando devagar que a gente chega lá.

se alguém tiver algo a sugerir, email-me.
ui, estou sumida. festas juninas me animam por demais. adoro cheiro de fogos, o quentinho da fogueira, comidas de milho e a cervejada em demasia que sempre rola nessa época. pois é. fui prum forró na casa do tio de beto, edmundo, o cara mais bêbado-de-nascença que eu conheço. a gente levou uma zabumba, um triângulo e um pífano pra "tentar" fazer um forró lá, mas os meninos tavam chapados demais pra conseguir tocar. foi legal.

a uma certa hora estávamos tão cansados que fomos dormir. era tarde e estávamos em olinda. não ia rolar pegar busão áquela altura. pois, fomos dormir. detalhe: fomos pruma espécie de segunda casa que tem num primeiro andar, um anexo. lá tem tipo um estúdio, com uma batera e tal. só que depois de certa hora o tio edmundo ia soltar bóris, o cachorro, um baita ruivão que mais parece um cavalo e nada manso. beleza. cansada que eu tava, nem liguei. mas daí umas 4h30 da manhã acordei com a boca seca porque bebi muita cerveja e queria tomar água de todo jeito. era desesperador. dali de onde estávamos (eu, rafa, beto e karla) dava pra ver edmundo sozinho, podre de bêbado, o som na maior altura e os cachorros passeando. gritávamos por ele pra prender os monstrinhos e ele não ouvia. a uma certa hora, o som parou e ele foi dormir. desistimos por hora de mijar e beber água, tudo por causa do cachorro. dormimos novamente.

nove horas da manhã. tentamos ligar do celular pra a casa mas o velho não acordava nem a pau. continuamos ligando durante mais uma hora. os cachorros já haviam subido as escadas e fizemos com que bóris latisse. lá vem o tio edmundo mandando bóris calar a boca. incrível como borizão botou o rabo entre as pernas e saiu de mansinho.

edmundo AINDA ESTAVA BÊBADO. incrível. como tinha algumas muitas garrafas de cerva num isopor, sentamos numa mesinha no terraço e continuamos a farra. mas era incrível como a bebedeira do velho não parava e ele é a pessoa bêbada mais engraçada do universo.

ah, bóris virou um bebê junto dele. deitou até no meu pé. dei a ele um corinho de peixe banhado em molho de pimenta.

19.6.02

e por falar em óculos, invejei o dessa aqui ó. que gata da porra. deu vontade até de voltar a ser morena. lindos óculos os da moça do piercing. uma pena que todo mundo tá usando essas porras desses óculos com armação de cor. fashion, ugh. e meus óculos amados e sem armação estão ficando frouxos no meu rosto e isso é péssimo pra um míope. óculos fora do eixo é dor de cabeça na certa. fora o incômodo duns óculos sambando na tua cara. ok, eu sei que não desculpa pra ter os óculos da moça morena e gata, mas eu tou realmente precisando avaliar minhas possibilidades e comprar um par de óculos novo.
muito legal esse saite (roubado da faís), só com meninas lindas e de óculos (sim! isso é possível!)
uia, que belo. fansign do parada:



valeu, magrão!

18.6.02

diálogo com um estranho no icq

You have received a message!
merhaba

You have sent a message!
?

You have received a message!
sadec esohbet etmek istedim düþünmenize gerek yok tanýmýyorsunuz da beni

You have sent a message!
ah, tou ligada. eu acho que signo continua sendo tudo aquilo que significa, qualquer realidade material capaz de apresentar uma outra realidade distinta de si e do intelecto, estando o signo numa relação de substituição com a coisa significada.



behind every human face beats an animal heart

17.6.02

gente, 90 gritos de gol é demais pra mim.
lila, essa é pra você:

aaaaahmm. estou cumprindo o prometido. último post na sexta feira depois da aula, bêba e com dor no corpo.

viciei no isketch, uma espécie de imagem e ação (sem a ação, só com desenho, hehe) pela internet, com leiáuti bonitinho e ferramentas do paint brush. perfeito pra quem desenha toscamente feito eu. arrumei até briga, juro. funciona como uma espécie de chat, onde dá pra conversar, e tem o quadrinho onde você desenha e vê o o desenho do aminguinho. bem bom. e continuo fera na canastra e na comilança. e por falar em comilança...

alguém já viu a comilança, de marco ferreri? é um filme de 1973, tem o sempre nnngato marcello mastroiani no elenco e é, no mínimo, surreal bragarái. são quatro amigos que estão morrendo de tédio que resolvem trancar-se na casa semi-abandonada de um deles pra um fim de semana de orgia sexual e, claro, gastronômica. assisti ontem e saí do cimema, ohh, com uma fome terrível, contrariando a maioria das pessoas, que saiu do filme meio enjoada, agoniada. tudo que elas menos queriam em era ver comida. saí dali direto prum bar pra comer uma codorna com fritas, e depois um crepe com chocolate derretido, castanha e sorvete de creme, um hambúrguer com queijo cheddar e um milk shake. ainda comeria um boi.

14.6.02

pois é. acabei não indo pra aula. sorte que não teve, só apresentação dos trabalhos de graduação do pessoal que se formou agora. é, fui beber. assim que desci do ônibus encontrei aroldo, que disse estar indo "matar tempo" no bigode, enquanto não começava a aula-enrolação dele com josé pimentel (shshshhhs) às 15h40. minha aula ia começar dali a 20 minutos, estava empanturrada de sushi então fui sentar e tomar uma cerveja, já que só tinha um real mesmo. acabei que tomamos algumas cervejas e (a decadência) um quartinho de cana, animados undertones, le tigre, alice cooper (ho ho ho) e nick cave. foi o fim. fui meio tonta procurar minha aula.

agora tou um caco, bêbada e com fome. vou ali comer um pão.
vi mulholland drive ontem. não preciso dizer que "não entendi, mas adorei", porque todo mundo diz isso. e como sou maria vai com as outras... posso dizer que gostei muito mais do que a estrada perdida (se bem que esse eu vi em vídeo e há muito tempo) e, talvez, bem menos que coração selvagem, porque eu cagava de rir. assim, me caguei de MEDO em algumas cenas do mulholland drive, como naquela em que diane tá chorosa porque a morena deixou ela pra ficar com o diretor e começa a ter uns DERILHOS com os velhinhos sorridentes e se mata, ou naquela em que betty e a morena que não sabe o próprio nome nome vão na casa de diane e encontram o corpo dela em decomposição e cara destroçada (ui), e naquela do 'silencio, no hay banda'. me caguei mesmo. tive medo de ter pesadelos de noite. sou uma cagona mesmo. eu CONVERSO dormindo, principalmente neses sonhos estronhos. na verdade, eu nem lembro o que sonhei, só me lembro de ter acordado às 6:50 com minha mãe batendo na porta.

hoje tá fazendo um baita solzão gostoso. pena que vou ter que ir pra aula, senão dava um passeio no sol. é, odeio o sol, mas depois de uma semana chuvosa e cheia de catástrofes naturais, como recife afundar diante de tanta água, ou árvores velhas caírem no meio da rua, tudo que eu mais desejava era um sol brilhante e céu limpo. ê.

13.6.02

os grevistas continuam no portão da sede da chesf, mas dessa vez eu consegui passar porque ninguém me viu. pelo menos não chove lá fora como ontem.

saldo do dia dos namorados: não consegui dar o presente que queria a beto (queria pintar uma camisa mas não vinha idéia nenhuma na cabeça) e ganhei um trocinho lindo que ele pintou. vai pra parede. não rolou rodízio de suhsi, mas me empanturrei de maminha e pirão de queijo e passei a madrugada arrotando carne.

12.6.02

hoje eu não consegui nem entrar no prédio da chesf porque o sindicato dos urbanitários decretou que é greve. em cada entrada tinha uns dez caras (de guarda-chuva, claro, já que desde a madrugada cai um pé d'água ducaralho. eles tão na chuva mas não querem se molhar) impedindo que qualquer vivente ultrapassasse os portões. mesmo eu sendo estagiária e não tendo nenhum vínculo com a empresa, não tenho nada a ver com a cisão da chesf, fui impedida de entrar. ok, eles têm direito à greve e de defender a empresa que tanto amam. ok, é uma empresa pública, e público me sugere que seja meu também. ok. mas, porra, eu não merecia voltar pra casa naquela chuva.

10.6.02

tava esquecida do belíssimo exploding dog. visitei essa página acho há mais de um ano e o bruno lembrou bem no blogue dele. lindo, visitem.
::.. da série IDÉIAS GENIAIS QUE TIVE EM SONHOS ..::

teve uma hora dum sonho que tava tendo que a minha mãe me deu um anel do resta um. cês lembram daquele joguinho, resta um? claro que lembram. pois bem, anel do resta um. o anel tinha um pequeno tabuleiro com os pinos para você jogar. não é o máximo? acordei me achando genial e contei para todos, que não deram muita importância.
meu gato é um ser estranho. ele gosta de lamber saco. além do dele, claro, sacos de supermercado. tem um aqui do meu lado, onde tinha uma coca cola e um baconzitos. ele, além de lamber a alça, entrou no saco pra lamber o fundo. gosto de que eu não sei, mas deve ser bem bom.
ahm, lila tava reclamando que quando abriu esse blog "ainda estava na história do cocô". é que eu estou fazendo em esforço sobre-humano pra não ligar o computador no fim de semana, a não ser que tenha trabalhos pra fazer (o que dentro em breve acontecerá). isso porque eu já passo a maior parte do meu dia na frente de um monitor. então preferi jogar canastra com minha mãe, ver jogo do brasil, comer lagosta, kani e camarão e ter alergia imediata, tomar fenergan e dormir, jogar mais baralho, comer mais, cozinhar, comer lasanha e dormir mais um pouco.
essa sou eu, em meu momento atual:


fansign do bruno. valeu, hebreu:


7.6.02

está chovendo pracaralho, eu tou morrendo de dor de barriga (sim, companheiro, caganeira) e parece que nem a chuva nem o chicotinho vão parar. resultado: vou ficar em casa hoje à noite. por essa essa caganeira eu não esperava. mas é sempre assim: quando como no mc donalds eu tenho essas coisas. mas quase nunca chega a ser uma caganeira, mas um cocozinho mole de leve, nada que me prejudique. mas dessa vez pegou pesado.

eu tava na aula quando comecei a sentir as peimeiras pontadas, aquele suor frio vindo de dentro, aqueles arrepios horríveis... uh! ainda bem que o professor dispensou a turma de pv, já que a professora tá num congresso. isso tudo depois de responder a um questionário idota do tipo "qual o último livro que você leu?" e "e o último filme?". "quantos livros de design você já leu?" eu sei lá quantos livros de design eu já li, quanto mais os nomes. "cite 10 designers internacionais famosos?" david carson, david carson... putz, como é o nome daquele? ah, david carson. botei adrian frutiger também, mas aquela dor de barriga não me deixava pensar em mais nada além de uma bela privadinha limpa com um rolo de papel higiênico branco e perfumado. de preferência, com todos os ítens anteriores na minha casa. pra terminar, ainda tive que responder "o que é design, nas suas palavras?". ah, vai tomar no cu. isso é quase tão difícil quanto definir o que é arte, se é que algum vivente já fez isso algum dia. coloquei que, em uma palavra, design é projeto. ha ha, arquitetura é projeto, engenharia é projeto. grande cecília.

pra completar, tomei um belo banho de chuva (dos carros e do meu querido são jorge, sempre dando AQUELA FORÇA, junto com o amigão murphy). e não tem coisa pior do que gente que usa óculos tomando banho de chuva. molhar os cabelos, tudo bem. a bolsa, massa. a roupa toda, ainda vai. mas os óculos? sem perdão. não tem como limpar, porque todas as coisas que poderiam limpar seus óculos já estão devidamente molhadas, e qualquer tentativa iria piorar a situação. deviam ter levado adiante aquela idéia do casseta e planeta (que sempre têm idéias geniais na área do projeto de produto) do limpador de óculos como um limpador de parabrisa. aquilo é perfeito.

continua chovendo e vem mais barro por aí.
o recife está ilhado. ontem, praticamente toda a cidade ficou alagada por causa da chuva. um grande marzão. árvores com mais de cem anos caindo. é o dilúvio.

quero ir pra casa dormir.

6.6.02

é, como eu previa, foi realmente por dlogas que o dee dee mórréu.
acho que só achei isso. não diz do que o cara morreu. poxa, eu gostava do dee dee.

:~~~~
eita, caralho. soube agora que o dee dee ramone morreu ontem. quero saber do quê.
essa é a cecils-south-park. faça o seu aqui.

não dirija com cuidado.
essa madrugada tive sonhos estranhos. um deles era uma espécie de festa/banquete de uns mafiosos (ou seriam beatniks?) e depois de um tempo eles começaram a perseguir as mulheres da festa, que por sua vez já sabiam da aversão dos rapazes. eu mesma passei a festa inteira me escondendo com medo de morrer (???). daí teve uma hora que eles nos cercaram e eu acordei desesperada. era medonho. eles tinham tochas enormes, estavam prontos pra nos queimar.

nessa hora eu abro os olhos. a tevê tá ligada na globo. tá passando aqueles programas sobre futebol. desligo. vou no banheiro mijar e vejo como está minha reação alérgica que deixou meu rosto com bolinhas vermelhas e inchado. volto pra cama. estou com medo dos beats. deito e durmo em seguida.

sonhei de novo. eu ia fazer uma macarronada pro meu pai e irmãos. fui na casa da vizinha e ela tinha feito um molho lá meio seboso, com pedaços de salsicha dentro. coloquei o molho no macarrão mas quando cheguei em casa eles já haviam comido tudo. comecei a chorar copiosamente. "vocês não podiam ter feito isso comigo, eu fiz isso com o maior carinho e vocês comem tudo". e continuei chorando muito até acordar. todo mundo que aparecia no sonho eu, chorando, ontava do ocorrido, como se tivesse sido o fim do mundo. no sonho pareceu muito sério.

5.6.02

muito legal esse saite que o edufo mandou pra mim por icq.
eu te amo, lila.
acabei de ver nos comentários do blogue do pancinha que o no. está de volta e em novo endereço.
nossa, que beleza. a irlanda acabou de fazer o gol de empate com a alemanha, nos 47 minutos do segundo tempo. 1x1.

não estou entendendo esse meu espírito futebolístico em época de copa. tão clichê.

4.6.02

primeiro dia de aula hoje. acho que, dessa vez, vou ter uma cadeira realmente proveitosa. chama-se o uso da linguagem gráfica no ambiente educacional. primeiro que é o mesmo tema da minha iniciação científica em (quase) andamento, com a minha orientadora como professora. segundo que tá o com o cronograma bem organizadinho, com as datas de seminários, visitas, pesos de notas e tal, tudo explicadinho. só falta agora a professora ir às aulas todos os dias pra ser perfeito.

mas eu estou curiosa mesmo é com a minha primeira aula de projeto de graduação. ainda não pensei bem no tema. a única coisa que me veio à cabeça foi algo com fanzines, estética de fanzines, diferenças que surgiram com o fanzine eletrônico ou até mesmo algo relacionado com tipografia. só que é bem mais, digamos assim, cômodo fazer algo relacionado com arte-educação, já que tou inserida nessa pesquisa. não sei. vamos ver sexta-feira o que dá, como vai se dar a definição de temas. meu futuro é uma câmara de gás :)
hoje eu estou toda imagens. depois da overdose de tiras do laerte e esse gif animado podre aí embaixo, vou publicar o primeiro (e único até agora) fansign que recebi do henrique. beijinho, lique. só não entendo como eu posso ser sua modela preferida.


ô coisinha tão bonitinha do pa-ai

overdose de messias


















3.6.02

entraram aqui procurando por "filme Vagando pelo amor". uh!
sem comentário sobre o jogo de hoje. isso basta. valeu, mojo.

e os fansigns que eu fiz pra ele estão aqui. é divertido fazer fansigns. e receber também. recebi um do henrique, lindo, mas nem sei como postar aqui. acho que não dá. resolverei.