10.12.02

ontem eu fui (finalmente) pra retrospectiva da fundaj. vi irréversible. TODO MUNDO, sem exceção, tava me alertando que o filme era forte, então já fui meio que preparada pra engulhar. acho que quem passa dos 10 primeiros minutos do filme fica até o fim. aquela cena do início, onde os caras transformam a cara do sujeito (que não era o Ténia) em um prato de miojo é pior do que a tão comentada cena do estupro. sério mesmo, se alguém não viu esse filme pode ter certeza de que, se resistir a esse começo, o resto é só flores. bom, o fato é que eu curti. não é ruim e nem gratuito, como a turma por aí falou. ok, a câmera não precisava rodopiar por 20 minutos no começo, mas ainda assim é marailhoso.

Nenhum comentário: