30.7.03

hoje eu acordei bem cedinho, às 6h da manhã, pra poder pegar coisas boas aqui na feirinha de produtos orgânicos (nunca entendi muito bem porque são chamados de orgânicos, mas tudo bem). só existem duas aqui no recife e uma é na esquina da minha casa. não podia deixar de acordar cedo pra aproveitar isso e ir comprar tomatinhos miúdos e umas folhas fresquinhas e bananas nanicas. mas o mais estranho de tudo é sair andando pela riachuelo completamente vazia, às 6h da manhã, no friozinho. geralmente essa é a hora que eu chego da farra e tudo que eu quero é entrar correndo em casa. nunca reparei como fica estranha essa rua quando o dia tá nascendo.

a variedade de folhas lá na feirinha é enrome e eu, na minha ignorância, só compro rúcula e alface (são as mais baratas também, R$ 0,50 aquele montinho). as cenouras são miúdas e rígidas, bem diferentes dessas de supermercado. os tomates, deus, aquilo são tomates? tão mais pra acerolas crescidas. são gostosos, docinhos. tinha pouco também. sempre passo lá nas quartas (dia de feira) e nunca tem tomatinho. o pimentão é barato, 5 por 1 real (geralmente um pimentão no supermercado é R$1,20). da próxima vez quero comprar cará e bata doce, pra peidar bem muito.

Nenhum comentário: