20.7.03

pessoas, sempre que puderem, viajem na roubada. é muito legal você chegar às 8h da manhã e não saber onde vai dormir. jóia. e ainda mais, morrendo de frio.

apois foi assim. a gente chegou lá em garanhuns umas 8h da noite, mais ou menos. ficamos bebendo e coisital e tal e coisa e no fim das contas, não tínhamos para onde ir. restava ou dormir no carro ou garimpar um lugar pra ficar. acabou que achamos um abrigo de refuiados da guerra da bósnia, e lá ficamos. tinha até um colchão onde tava rolando o maior festerê com ácaros, ambiente eletrônico, axé e gay. flávia, que é festeira, dormiu nesse (também, às 6h da manhã tava ela dentro de uma boate gay chamada ORIFÍCIO dançando tony garcia. explicável). eu preferi dormir no meu colchão que é mais fino que o edredom que eu me cobri e fui feliz.

o show dos loser manos foi fuderoso, comparável com aquele show do armazém 14 ano passado. mas uma constatação: tou velha demais pra ficar na muvuca. não aguentei nem o fim da primeira música no meio da galera. tava vendo a hora eu ser pisoteada pelas fãs adolescentes dos barbudos, que não paravam de poguear e pular. preferi ficar do lado dos seguranças.

sei que foi massa lá em garanhões e que vou ficar no abrigo dos refugiados de novo no ano que vem. quem precisa tomar banho?

Nenhum comentário: