25.8.03

eu sempre detestei dentista (acho que não tem quem goste). mas apavora ainda mais a idéia de MUDAR de dentista. minha tia fátima (e madrinha) é minha dentista desde que eu me entendo por gente (minha ficha lá data de 1984, vejam só) e nunca fui a outra pessoa fora ela. acho que não confiaria minha boca a qualquer um. ela é muito jeitosa. mas eu sempre tive agonia geral do barulho da broca, daquele coiso que usam pra secar o dente aberto (aaaaaaaaah) e daquele sugador maldito. mas enfim. fui hoje pra dentista. comecei a limpar o tártaro (sempre junto tártaro nos dentes inferiores da frente, que é tudo torto e difícil de limpar) e tou com uma cárie num dos siso de cima. de resto, limpeza. achei pouco pra quem não cuida direito dos dentes, como eu. acho que relaxei depois de dez anos sem ter uma cárie (minha adolescência toda).

mas toquei nesse assunto porque tenho que tomar uma decisão muito séria na minha vida: pôr ou não aparelho nos dentes? antes de tomar essa decisão, eu preciso ir no ortodontista pra saber se o aparelho no meu caso seria só por questões estéticas ou se essa merda desses dentes tronxos poderiam me trazer problemas futuros. se for só por estética, foda-se, não usarei. mas se eu tiver mesmo que usar, vai ser foda. nunca mais vou sorrir mostrando os dentes.

Nenhum comentário: