29.4.04

MOMBOJETE

saiu no JC:

AMEAÇA
Pedida segurança para estudante
Publicado em 29.04.2004

O Sindicato dos Jornalistas solicitou à SDS apoio para estagiária da Folha de Pernambuco

O presidente do Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco, Osnaldo Moraes, pediu segurança de vida para a estudante de jornalismo e estagiária da Folha de Pernambuco Ana Addobbati, 19 anos, em audiência, ontem pela manhã, com o secretário de Defesa Social, João Braga. Ela foi ameaçada pelo pai de uma adolescente citada em matéria sobre a vida de fãs, publicada no dia 20 de abril último, no Caderno Programa.
João Braga disse que a secretaria recebe pedidos de escolta policial todos os dias, mas não tem condições de atender a demanda. “Vamos aguardar o depoimento do pai da garota na delegacia. Ele pode ter manifestado uma explosão emocional passageira. Se for necessário, a secretaria poderá tomar iniciativa e prestar segurança extra”, declara.

No texto assinado por Ana Addobbati (A devota vida dos fãs), a adolescente é identificada como uma mombojete, ou seja, fã da banda pernambucana Mombojó, que se apresentou na última edição do Abril pro Rock, este mês. Insatisfeito com a matéria, o pai da garota esteve na redação da Folha, foi atendido pela editora de Programa, Mirella Martins, e exigiu direito de resposta.

“Ele disse que a menina estava sendo ridicularizada entre os colegas porque saiu no jornal como fã de uma banda desconhecida”, afirma Mirella. Depois de ser informado que o pedido de direito de resposta seria analisado pelo setor jurídico da empresa, ele deixou a redação dizendo que iria prestar queixa na delegacia.

Segundo Ana Addobbati, o pai da adolescente conseguiu os números do celular e do telefone fixo da casa dela e deu início às ameaças. “Ele ligou na sexta-feira (23), às 23h30, dizendo que eu havia acabado com a vida da filha dele e que ele iria acabar com a minha vida. Ligou novamente na terça-feira (27), às 5h, afirmando que tinha um acerto de contas e que iria me pegar na rua”, revela Ana.

A estudante prestou queixa das ameaças na Delegacia de Boa Viagem e o pai da adolescente prestou depoimento ontem à tarde, confirmando ter ligado para a estudante. No entanto, negou as ameaças. O pedido do sindicato foi reforçado pela representante local da Federação Nacional de Jornalismo (Fenaj), Fábia Gomes.


Nenhum comentário: