28.4.04

VIVI

então era wilson. estou de volta, depois de uma longa jornada de solidão e isolamento do mundo internético, eis-me aqui de volta. parece que tudo conspirou contra mim nesses últimos tempos, mas acho que as coisas estão se normalizando.

faz tanto tempo que eu não escrevo aqui que nem sei das novidades mais. a principal talvez seja que estou sozinha nesse apartamento por no mínimo três meses. é o tempo que joão vai passar na europa, entre apresentando a "falling through" em portugal e passeando pelo velho mundo. não sei o que dizer de ficar sozinha em casa. por um lado, é bom poder cagar e tomar banho de porta aberta, andar de calcinha pela casa e não se preocupar com prato sujo que não é seu. por outro lado, sinto falta de comentar alguma merda na tv, de conversar água, de companhia nas refeições. até tentei arrumar um amiguinho para as horas vagas.

alfredo. alfredo chorava na chuva um dia aí que fui pro carrefour andando. tive pena e levei comigo pra dar um leitinho. ele foi muito feliz. brincou comigo várias tardes, dormiu na minha cama. até o dia em que nunca mais vi alfredo aqui no prédio. sei que muitos condôminos se afeiçoiaram aos seus belos olhos azuis, mas dar sumiço é foda. sem falar que eles insistem em dizer que o meu alfredo é mulher.

sem alfredo, sem joão, sem internet. minha vida se resumia ao trabalho, novelas à noite, um filme eventual no vídeo, algumas páginas de algum livro seguidas de sono. muitas dessas atividades sozinha, absolutamente isolada.

mas agora as coisas vão mudar. infelizmente não vou poder continuar na hidroginástica. os horários estão fora das minhas possibilidades (6h da manhã e 18h30, a hora que eu largo do trampo). sem falar que tou engordando a olhos vistos, mas vamos deixar isso prum próximo post.

por que sempre me desencorajam quando penso em comprar uma bicicleta ergométrica?

Nenhum comentário: