29.4.04

MOMBOJETE

saiu no JC:

AMEAÇA
Pedida segurança para estudante
Publicado em 29.04.2004

O Sindicato dos Jornalistas solicitou à SDS apoio para estagiária da Folha de Pernambuco

O presidente do Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco, Osnaldo Moraes, pediu segurança de vida para a estudante de jornalismo e estagiária da Folha de Pernambuco Ana Addobbati, 19 anos, em audiência, ontem pela manhã, com o secretário de Defesa Social, João Braga. Ela foi ameaçada pelo pai de uma adolescente citada em matéria sobre a vida de fãs, publicada no dia 20 de abril último, no Caderno Programa.
João Braga disse que a secretaria recebe pedidos de escolta policial todos os dias, mas não tem condições de atender a demanda. “Vamos aguardar o depoimento do pai da garota na delegacia. Ele pode ter manifestado uma explosão emocional passageira. Se for necessário, a secretaria poderá tomar iniciativa e prestar segurança extra”, declara.

No texto assinado por Ana Addobbati (A devota vida dos fãs), a adolescente é identificada como uma mombojete, ou seja, fã da banda pernambucana Mombojó, que se apresentou na última edição do Abril pro Rock, este mês. Insatisfeito com a matéria, o pai da garota esteve na redação da Folha, foi atendido pela editora de Programa, Mirella Martins, e exigiu direito de resposta.

“Ele disse que a menina estava sendo ridicularizada entre os colegas porque saiu no jornal como fã de uma banda desconhecida”, afirma Mirella. Depois de ser informado que o pedido de direito de resposta seria analisado pelo setor jurídico da empresa, ele deixou a redação dizendo que iria prestar queixa na delegacia.

Segundo Ana Addobbati, o pai da adolescente conseguiu os números do celular e do telefone fixo da casa dela e deu início às ameaças. “Ele ligou na sexta-feira (23), às 23h30, dizendo que eu havia acabado com a vida da filha dele e que ele iria acabar com a minha vida. Ligou novamente na terça-feira (27), às 5h, afirmando que tinha um acerto de contas e que iria me pegar na rua”, revela Ana.

A estudante prestou queixa das ameaças na Delegacia de Boa Viagem e o pai da adolescente prestou depoimento ontem à tarde, confirmando ter ligado para a estudante. No entanto, negou as ameaças. O pedido do sindicato foi reforçado pela representante local da Federação Nacional de Jornalismo (Fenaj), Fábia Gomes.


28.4.04

SÓ DIGO UMA COISA

essa participação de samuel na novela das sete tá muito engraçada. namorado de caio blat, vestido de kiss e ainda tocando "i believe in a thing called love" por baixo foi demais.
VIVI

então era wilson. estou de volta, depois de uma longa jornada de solidão e isolamento do mundo internético, eis-me aqui de volta. parece que tudo conspirou contra mim nesses últimos tempos, mas acho que as coisas estão se normalizando.

faz tanto tempo que eu não escrevo aqui que nem sei das novidades mais. a principal talvez seja que estou sozinha nesse apartamento por no mínimo três meses. é o tempo que joão vai passar na europa, entre apresentando a "falling through" em portugal e passeando pelo velho mundo. não sei o que dizer de ficar sozinha em casa. por um lado, é bom poder cagar e tomar banho de porta aberta, andar de calcinha pela casa e não se preocupar com prato sujo que não é seu. por outro lado, sinto falta de comentar alguma merda na tv, de conversar água, de companhia nas refeições. até tentei arrumar um amiguinho para as horas vagas.

alfredo. alfredo chorava na chuva um dia aí que fui pro carrefour andando. tive pena e levei comigo pra dar um leitinho. ele foi muito feliz. brincou comigo várias tardes, dormiu na minha cama. até o dia em que nunca mais vi alfredo aqui no prédio. sei que muitos condôminos se afeiçoiaram aos seus belos olhos azuis, mas dar sumiço é foda. sem falar que eles insistem em dizer que o meu alfredo é mulher.

sem alfredo, sem joão, sem internet. minha vida se resumia ao trabalho, novelas à noite, um filme eventual no vídeo, algumas páginas de algum livro seguidas de sono. muitas dessas atividades sozinha, absolutamente isolada.

mas agora as coisas vão mudar. infelizmente não vou poder continuar na hidroginástica. os horários estão fora das minhas possibilidades (6h da manhã e 18h30, a hora que eu largo do trampo). sem falar que tou engordando a olhos vistos, mas vamos deixar isso prum próximo post.

por que sempre me desencorajam quando penso em comprar uma bicicleta ergométrica?

27.4.04

MORRI

ainda não. tou voltando à ativa esses dias, pessoas.

16.4.04

PRA PROPAGANDA DO SHOPPING RECIFE

não custa nada ir lá e fazer o teste, né? só 5 minutinhos. mas me senti como nos dias de gravação do hqtv, nervosa pra caralho e só de ver aquela luzinha vermelha na câmera as pernas começam a tremer e tu não é mais nada além de um merda. nada que presta sai. seu sorriso é falso e sem graça. sua postura é péssima. tive ódio da MODELO E MANEQUIM que foi antes de mim pro teste. ela tava de batom e eu não. ela é alta e bonita e de cabelos longos e loiros e ficou toda descontraída em frente às câmeras. puta. deve ser burra pra compensar.

mas vamos aguardar. um dinheirinho fácil assim é sempre benvindo, mesmo que não venha.
O EXORCISTA EM 30 SEGUNDOS INTERPRETADO POR COELHINHOS

roubado descaradamente do blog de zé. é bom pra caralho, já vi umas quinze vezes seguidas, quase fiz cocô nas calças.
CANÇÃO DE PEDROCA
(chico buarque)

quando nos apaixonamos
poça d'água é chafariz
ao olhar o céu de ramos
vê-se as luzes de paris

no verão é uma delícia
a brisa fresca de bangu
mesmo um cabo de polícia
só nos diz merci beaucoup

eu ouço um samba de breque
com maurice chevalier
bebo com toulouse lautrec
no bar do caxinguelê

daí ninguém mais estranha
o louvre na praça mauá
e o borbulhar de champanha
num gole de guaraná

cascadura é rive gauche
o mangue é champs elisées
até mesmo um bate-coxa
faz lembrar um pas-de-deux
purê de batata roxa
parece marron glacé


eu nunca ouvi essa música, mas achei a letra linda e agradeço quem puder mandar pra mim.

de coração.
EXPERIÊNCIAS GASTRONÔMICAS

ontem eu almocei uma feijoada vegetariana. não deixa nada a desejar a uma feijoada tradicional, com coisas defumadas de porco. muito deliciosa, de lamber os beiço. mas preciso perguntar a hilda o que ela colocou lá dentro pra ficar com gosto de feijoada remosa.

***

ainda existe aquele site snack attack? se existisse, eu queria colocar a minha experiência com um snack. é uma nova batata da elma chips, a SENSAÇÕES. me chamou a atenção nas lojas americanas logo na embalagem, que não tem aquele brilho gritante dos demais salgadinhos. a embalagem é fosca, chique. coisa fina, bem.

avistei logo os três sabores: leve toque de sal, leve toque de queijo e leve toque de orégano, todas com leve toque também de azeite de oliva. "hmmmm", pensei, "isso deve ser bom". levei. um com leve toque de queijo, já que a de sal e orégano me pareceram um pouco sem graça demais.

cheguei lá no seo buda (sim, fui terminar de me mudar), abri o pacote e dei a primeira dentada atendendo a ligação de mari belém, que deu a linda notícia de que eu vou ser titia! quatro meses de gravidez, quase chorei de felicidade!

mas voltando à batata. não sei se foi a alegria da notícia, mas eu achei maravilhosa. lembra um pouco aquela batata lays, a batata lisa e fininha e super hiper ultra salgada. só que é menos quebradiça e menos salgada também. lembrou taambém a famosa pringles original (aquela com gosto de nada) com um (realmente) leve toque de queijo. curti à beça. comprarei mais vezes.

14.4.04

OS VERMES ESTÃO CHEGANDO

desde que eu descobri que a panacéia para os vermes é mesmo um remédio alopático - cujo princício ativo é o albendazol - e que qualquer tentativa de cura por meios alternativos é perda de tempo, que esse QUERIDO DIÁRIO deixou de ser aquela coisa escatológica de que vocês tanto sentem a falta. eu não tenho mais todos aqueles problemas de dor de barriga, enjôo, mal estar, MAGREZA e toda a sorte de MAZELAS que alguém aparentemente saudável pode ter, DIARIAMENTE.

só que esse mês fazem exatamente 6 meses que tomei a última DOSAGEM e é chegada a hora de mais um sacrifício para manter o organismo livre dessas parasitoses.

ontem mesmo tive uma dor de barriga SEM PRECISÃO logo que cheguei do almoço com a GENITORA no OSAKA. era água pura e não quis sair do LAVABO antes que todo aquele SUMO saísse de dentro de mim. acho que fiquei 8 minutos sentada no troninho, ouvindo o som da LAVAGEM escorrendo pelo meu fiofó. quando eu achava que já era findada a atividade, lá vinha mais umas gotinhas derradeiras. pra completar o serviço, a caixa da descarga estava com dificuldade para encher rapidamente, o que me fez ficar alguns minutos a mais no banheiro, olhando as minhas brotoejas. não foram suficientes e precisei anunciar na sala que o banheiro estava interditado temporariamente. antes, apliquei um BOM AR para amenizar a situação.

hoje tive quase que o mesmo problema, exatamente ao chegar do almoço. não sei se a quantidade de alimentos fibrosos que ando comendo é alta, ou se são as folhas de rúcula e alface que gosto de acompanhar com as carnes ou se são os amigos vermes fazendo a festa aqui no bucho. o fato é que a coisa tá começando a me preocupar novamente.

pior é que só posso começar a tomar qualquer medicamento a partir da semana que vem, já que preciso dar um tempo na birita enquanto estiver tomando remédio. e esse fim de semana tem muitas coisas importantes, que merecem muita cachaça: abril pro rock, peça de joão e despedida de grégoire. enquando isso, fico amiga do troninho.
MOÇADA INVENTCHIVA, EASSA

1. Pegue o livro mais próximo de você;
2. Abra o livro na página 23;
3. Ache a quinta frase;
4. Poste o texto em seu blog junto com estas instruções.


"a opção sexual das pessoas e a origem étnica têm de ser respeitadas sob pena de incentivar o ódio contra as minorias." (BARBEIRO, heródoto; LIMA, paulo rodolfo. manual do telejornalismo: os segredos da notícia na tv, campus: 2002)

legal a brincadeirinha. façam vocês também. mas tem que ser o livro mais próximo, senão não tem graça.


roubado deste blog
7 SOLOS FOR 11 SCENES – FALLING THROUGH

pra quem pediu informações sobre a peça de joão, aí vai:

onde? Teatro Santa Isabel

quando? 16, 17 e 18 de Abril

que horas? Sex e Sáb 21hs e Dom 20hs

quanto? R$15,00 (inteira)



Ficha técnica:

Criação e coreografias: Peter Michael Dietz

Trilha Sonora: DJ Dolores

Figurinos: Renata Pinheiro

Design de Luz: Nuno Meira

Intérpretes: Felix Lozano, Fernanda Lisboa, Leonor Kiel, João Lima, Marta Cerqueira, Marta Silva e Rodrigo Mello

12.4.04

BARATO TOTAL
(gilberto gil)

quando a gente tá contente
tanto faz o quente
tanto faz o frio
tanto faz
que eu me esqueça do meu compromisso
com isso e aquilo
que aconteceu dez minutos atrás
dez minutos atrás de uma idéia
já dão pra uma teia de aranha
crescer e prender
sua vida na cadeia do pensamento
que de um momento pro outro
começa a doer

quando a gente tá contente
gente é gente
gato é gato
barata pode ser um barato total
tudo que você disser
deve fazer bem
nada que você comer
deve fazer mal
quando a gente tá contente
nem pensar que está contente
nem pensar que está contente
a gente quer
nem pensar a gente quer
a gente quer, a gente quer
a gente quer é viver
EU CAIO É DE BOCA

e aí que ontem de tarde eu tava tomando uma cerveja num bar com greg e rafa. do meu lado, encostado numa pilastra, um CABOCLO DE LANÇA dormia. muito particular aquela cena. parecia uma quarta-feira de cinzas. e de fato, era. o nosso último dia do feriadão, o domingo, o dia ingrato.

rafa contou uma história de um amigo dele que pegou um cano de esgoto pra TIRAR UM SOM. comentários como ECA e QUE NOJO bem comuns depois desse tipo de história foram inevitáveis.

nesse momento, se acorda o caboclo, cheio das cana:

- tu acha mermo que um cano de esgoto é sujo?

e daí começa o papo. ele, que trabalha há muitos anos com SANEAMENTO, tentou de todas as formas convencer a gente de que um cano de esgoto NÃO É algo sujo, porque ele trabalha com eles há anos e nunca teve nenhuma doença. tentei explicar algo do tipo "mas o senhor adquiriu resistência depois de tanto tempo", mas ele parecia irredutível. só tive que concordar que cano de esgoto não transmite doença. ele tinha razão.
FERIADO! COMEMORE!

e eu fui pra praia. ponta de pedras, com a minha mãe, meu irmão e greg. a praia é tranqüila, uma cidade de interior com mar. até árvore frutífera tinha na beira da praia. então basicamente era isso: dormir muito, ir andar na praia, tomar cerveja, comer muito peixe e dormir novamente, acordar, jogar baralho, ouvir música e dormir novamente.

adquiri novas amigas, desde quinta: as brotoejas. sim, quinta fui pra praia de boa viagem, onde teria o show do bonsucesso samba clube. tava cheia de gente, a praia, concentrada na frente do acaiaca. é uma coisa que não consigo entender, o fenômeno acaiaca. por que as pessoas só marcam pra se encontrar lá (e há tantos anos)? eu até aceito a teoria de que o acaiaca é um dos prédios mais antigos da avenida e que se tornou um ponto de referência. mas até hoje ele ser ponto de referência? putz. resultado: praia completamente vazia e um densidade demográfica elevada em toda a extensão do edifício. era até engraçado de ver o contraste. fiquei meio constrangida de participar disso, mas tudo bem. ali, onde mal se via pedaço de terra, encontravam-se pessoas conhecidas debaixo de quase todos os guarda-sóis. aí foi massa, tomar uma cerva (quente), jogar dominó (mal) e esperar o sol sumir atrás de um daqueles prédios altos.

esqueci de dizer que não teve show. motivo: chuva. mas fez sol enquanto eu estive lá.

hoje é meu aniversário e confesso que já não amanheci muito bem. voltei da praia hoje de 5h45 da manhã (odeio acordar de madrugada), vim dormindo no carro, cheguei em casa, tomei banho e vim pro trabalho. minhas brotoejas são feias e coçam e eu estou coberta de pasta d'água. não comi chocolate, não ganhei presentes (ainda, espero). mas hoje tem cerveja e espero que pessoas queridas estejam lá para me dar um abraço.

7.4.04

POR FALAR EM ANIVERSÁRIO

lembrei que esse blog fez dois anos domingo e eu nem me dei conta.
24 ANOS

SONHO

hoje eu sonhei que matava fabão com uma facada no coração. depois de chorar muito, eu tentava explicar às pessoas que não tinha matado fabão e sim BONNIE PRINCE BILLY. no corpo de fabão. eu chegava pra yellow, que estava deitado num grande colchão do lado de não sei quem, e dizia EU MATEI WILL OLDHAM e ele fez uma cara de LEGAL! com as sobrancelhas arqueadas.

6.4.04

ME CHAMEM DO QUE QUISEREM

mas eu acordei com TRISTEEEEEEZA NÃO TEM FIIIIIM, FELIIIICIDAAAAADE SIIIM na cabeça. me chamem do que quiserem mas é muito foda de linda a letra dessa música.

a felicidade é como a gota de orvalho numa pétala de flor
brilha tranqüila, depois de leve oscila
e cai como uma lágrima de amor


acordei bem hoje, depois de uma loooonga noite de sono. fui pra hidroginástica ontem, uma hora de exercícios dentro d'água, sem parar. me considerem uma heroína. a última vez que fiz exercícios na vera foi pouco antes de entrar na faculdade. natação, três vezes por semana, 3h por dia, de 10h às 13h. fiquei nega e musculosa.

aí veio a faculdade e, junto com ela, a vagabundagem, a cerveja e a putaria. nunca mais voltei a me exercitar.

dessa vez eu pretendo continuar. de verdade. não tenho motivos pra não continuar: a academia fica na esquina de casa e eu geralmente não tenho o que fazer às 18h30.

e por incrível que pareça, não estou dolorida. achei que ia acordar de uma pisa bem dada, mas não. dormi feito um bebê e acordei talvez um pouco cansada. mas não tenho dor, nem nas costas, nem nas pernas, nem nos braços (o que achei que fosse doer mais).

ainda bem que não tou na paranóia de emagrecer. só não quero ficar uma lesma paralítica.

5.4.04

EU TOU COM FALTA DE SOL

sexta eu passei mal. uma dor de cabeça horrível. ânisa de vômito. pressão baixa. por um momento, cheguei a pensar em aneurisma (!) mas dois tylenóis e um dramin resolveram o problema. dormi 8h da noite.

li "hell" de lolita pille no sábado de manhã, assim que mainha me deixou em casa. comprei o livro pra dar de presente a flávia, mas a falta do que fazer me fez abrir o pacote. ficou faltando nove páginas, mas aí eu termino dia desses que for almoçar na casa dela. eu gostei do livro, tem umas coisas muito engraçadas. faz a gente pensar em algumas coisinhas fúteis que a gente faz de vez em quando.

feijoada de carol sábado de tarde. aí a gente tava indo pra casa de pedrinho pra ver filmes e flávia me deixou na famiglia lucco. comi uma pizza e nunca mais voltei. depois fui pra olinda, casa de greg. dormi até meia noite. quando acordei, a projeção já tava prontinha me esperando no quintal. júlio tem razão. "figueira do inferno" é realmente um dos melhores documentários brasileiros que vi nos últimos tempos. muito bom. acabei não indo pras milhões de opções de saída de sábado à noite: nem del rey, nem a pré-estréia da peça de joão, nem garagem, nem festa na brotfabrik. dormi. domingo voltei pra casa. gravei cds. comi feito uma condenada. pessoas foram lá pra casa fazer calor. vi a vitória da pobreza no big brother e fui dormir.

agora tou aqui contando os dias pra estar na praia torrando.

1.4.04

NÃO É PRIMEIRO DE ABRIL

hoje eu comi um cheddar e não tive caganeira.

ainda.
PROMETO NÃO SER UM ZÉLIO

esse ano, não contarei mentiras.