27.10.06

e agora mais essa

segunda à noite, fui pra cadmia com flávia pra nos livrarmos pelo menos da obrigação do exercício aeróbico. e, claro, pra estrear meu tênis branco e feio de academia com sistema de amortecimento hexalite. depois, fomos fazer uma sessão mexericos da candinha com sil e, claro, tomar chopp. porque sil merece cada asinha de galinha frita e chopp que eu tive que entornar.

conversa vai, chopp entra: comi 7 asas completas - isso pra uma pessoa que está de regime é um tanto quanto perigoso, vamos combinar.

madrugada, algumas horas depois: acordo com aquela azia, aquela má digestão, "toma estomazil". tudo que eu queria era sal de frutas ou mesmo um chá de boldo. cadê a coragem pra levantar e ir fazer o chá? continuei dormindo. durante o sono, sinto umas pontadas na boca do estômago. chego a me contorcer, mas nada me faz me levantar daquela cama. e assim passei o restante da terça-feira, deitada e me contorcendo cada vez que uma daquelas malditas pontadas vinha.

foi bom por um lado: vi quase toda a primeira temporada de weeds que, puta merda, é muito legal. e a metade da 5ª de six feet under. mas eu parei, porque contribuía com a dor. gente, quero terminar de ver não. muito foda :(

então as dores permaneceram por toda a quarta e quinta-feira. o médico, desconfiado de cálculo na vesícula, passa uma ultrassom e uma endoscopia pra ver como tá o estômago.

cálculo na vesícula?

bom, aí que tirei o dia hoje pra fazer exames de jejum. quando fui fazer a ultrassom, entro num consultório com bem umas 50 mulheres na sala de espera. pergunto "quantas pessoas na minha frente" e a estúpida da atendente "todas essas". gente, que coisa absurda. eles só têm uma maquininha de fazer ultrassom, é isso? e a quantidade de mulheres grávidas ali, esperando? algumas até em pé. parecia fila de hospital público. total desrepeito.

fui embora atrás de outro lugar pra fazer a ultrassom. não consegui. e tinha a endoscopia marcada pra 10h20, nunca ia dar tempo entrar numa dessas espera de consultório.

minha ânsia maior era pra saber o resultado da ultrassom, pra descartar a possibilidade de pedra na vesícula. mas tinha a grande ânsia da primeira endoscopia. será que vai ser "bonzinho" como todo mundo fala que é?

na verdade, eu não sei. aplicaram o sedativo na minha veia e acho que fiquei um minuto e meio acordada. não me lembro de nada. só lembro de acordar numa poltrona meio grogue, com a boca anestesiada de xilocaína, perguntando a tarta o que tinha dado no exame. cinco vezes.

enfim. deu algo como "gastrite antral e enantematosa com micro erosões pré-pilóricas", seja lá o que isso signifique. ainda tou com medo de ter algo errado com a minha vesícula. não sei se tou preparada pra me operar agora.

Nenhum comentário: