31.3.06

bonecas de papel, a revanche

dia desses postei umas bonequinhas de papel que achei por aí pela internet - acreditem, tem gente que colciona todo tipo de coisa e ainda disponibiliza pra outros bizarros na internet. eu sempre adorei bonecas de papel, me divertia horrores recortando as modelas e roupitchas e montando, e trocando as coisas e tal.

era um hobby compartilhado por muitas meninas - e meninos, eventualmente - naquela época.

e aí que achei essas coisinhas por acaso na web e meio que tou colecionando. até dei uma postada no fotolog algumas bonequinhas minhas.

essa é a judite.


aí que, não sei porque cargas d'água, parece que o lance tá virando mania (?). agora isso aqui realmente me dá muito muito medo. pesadelos à noite. ânsia de vômito. vertigem. caganeira.

gente, bonecos de papel em desenho vetorial tosco e sem nenhuma noção de anatomia por parte de quem desenhou. gente do céu, muito medo!!!

eu quero minhas bonecas de papel de volta!

28.3.06

da série "coisinhas ótimas que tenho ouvido nos últimos tempos"

2raumwohnung

duo alemão superfofo. lançaram recentemente um disquinho meio bossa nova, mas sempre flertando com música eletrônica. a vozinha da vocalista inga humpe é muito suave, linda. às vezes me lembra o cardigans na sua boa fase. tão na ÁRIA desde 2000 e já lançaram 5 discos, incluindo um de remixes. visitem o site. tem videozinhos, fotinhas e cousas.

***

beastles

é exatamente o que vocês tão pensando: beastie boys com beatles. nessa febre de mash ups, bootlegs e adjacências, uma coisinha como essa vem bem a calhar. achei bem melhor do que o gray album, do dj dangermouse (aquele com remixes do black album do jay-z mais o white album dos beatles). baixem o que encontrarem, vale a pena. muito bom.

pencas de cecília

vocês já escutaram uma expressão chamada "pencas de cecília"?

eu também nunca tinha ouvido e fiquei mais passada ainda quando soube o que significa.

cc. sovaqueira. futum. catinga no sovaco.

pencas de cecília? poxa, se for uma referência a cc não podia ser pencas de carina, de carla, de camila? logo de cecília?

eu mereço.

23.3.06

festinha sábado


tudo é motivo pra festa nessa cidade. até a despedida de uma amiga que já se foi :)

pra quem recebeu o e-mail, isso aí era um gif animado. amélia dá tchauzinho. mas o blogger não aceita gifs. então, cha la la.

21.3.06

lixo

você percebe quando sua reputação tá quase nula quando te ligam às 10h da noite - e você já está na cama, pronto pra dormir - perguntando se você sabe de algum bar legal pra se ir numa noite de segunda-feira.

é a hora de parar de beber pra ver se você recupera a dignidade.

13.3.06

mais de olinda









8.3.06

roxxy

do JC:

A pista de patinação Roxxy, sensação nos anos 80 e 90 em Casa Forte, foi reaberta ontem como um novo espaço de diversão. Construída com granilite de alta resistência, a pista tem corrimão, setor para iniciantes, curva inclinada, rampa para salto, túnel, arquibancada para 60 pessoas, telão de alta definição, iluminação e som de boate. Além da patinação, o espaço conta com opções de esportes radicais (tirolesa, parede de escalada, circuito de arborismo), sala de jogos, cybercafé, bar, lanchonete e área para shows. Instalado no local onde funcionavam a Fun House e a Balacuda (Rua Real da Torre, Madalena), o espaço conta 1.200 metros de área coberta e tem capacidade para três mil pessoas. Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 18h às 0h; sábado e domingo, das 15h até o último cliente. Entrada: R$ 10 (entrada única). Caso não tenha patins, o aluguel custa R$ 5. Informações: 3227-2606.

6.3.06

bigode


já que não pode no fotolog...
meu querido brassens.

post it

assim, eu ia postar mais umas 70 fotos de olinda, mas a bosta do blogger não deixou. a bosta da rede daqui do trabalho também não deixou, aí completou a merda. dizem que sempre que um pombo passa na frente da antena, a rede cai.

enfim, se alguém tiver interessado em alguma foto específca, manda um email (tá ali embaixo).

***

engraçado essa coisa toda em cima da noite do oscar. engraçado como eu nunca consegui achar graça na noite da premiação. engraçado como eu sempre durmo nos primeiros minutos. engraçado como eu ainda nem fui ver os resultado. engraçado como eu só vi um dos indicados no cinema.

te enterra, cecília.

***

aquela música "window shopper" do 50 cent não parece que tá ao contrário? tipo quando você roda o vinil no sentido inverso pra chamar o demônio.

***

já descobri que só vou emagrecer quando eu parar de beber, como quando emagreci 10kg de 2002 pra 2003. então, foda-se.

2.3.06

olinda II






olinda

"olinda, RECIFE EU CANTO foi inspirado em teu louvor"



willie wonka de brasília teimosa.






saudade...




ô, corramarlinda de mãe


ai, parece que viraram a cabeça do pajé pra trás!





efedrina + cerveja = medo e delírio.


um misto de velha banguela com santa.




essa roupa de alice me deixou mais gorda ainda.

1.3.06

ai, titia

não sei se foi contribuição dos astros, ou uma tpm coletiva (ou contagiosa), mas não vi muito as pessoas em clima de carnaval. pelo menos na semana pré. penso que pode ter sido o tempo que demorou pra o carnaval começar depois das festas de fim de ano (que ano passado foi só um mês) ou se foi apenas uma morgação coletiva. o fato é que vi muita gente fugindo de festinhas em meio de semana e sem fazer muita questão do sábado chegar.

eu mesma adoeci. de quarta a sexta pedindo cama. sábado e domingo tomando allegra d (o que, misturado com cerveja, não deu dos efeitos mais católicos). passou, graças. a quarta chegou, é dia de ficar deitada na cama mais confortável do mundo, vendo filme besteirol, e deixando o gato morder meus óculos.

mas, ok. o carnaval sempre tem suas coisas legais, engraçadas. a começar pelas fantasias. o domingo é sempre o dia em que as pessoas mais se produzem, na sala da justiça. dá pra arrancar boas risadas naquela concentração, no alto da sé, que apesar do sol torrando o coco, foi gostoso levar aquele ventinho do ponto mais alto de centro histórico. claro que depois todo mundo reclamou do bronze nada saudável. eu tou com feridas no nariz até hoje, de tanto sol. me apelidaram de rudolph.

eu não acompanhei o eu acho é pouco nenhum dia. na verdade, eu já tinha bebido demais às 17h do sábado pra conseguir acompanhar alguma coisa. e na terça e não tinha bebido o suficiente pra acompanhar coisa alguma. então fica só a lembrança da chegada do bloco vista da varanda da casa de mateus, cheio de mala acompanhando, às 11h30 da noite. é bonito.

não vi nem sinal do bumba meu ovo. acho que esqueceram. mas o rafa arrumou a fantasia mais bumba e foi de lala k. nem precisou de peruca. bastou uns peitinhos numa camiseta preta e dentinhos pintados na frente que tava tudo perfeito.

o mac foi só medo e delírio. todos os dias em que cheguei lá já tinha tomado todas, tava louca e só lembro de flashes. muito ruim, mas engraçado as pessoas ajudando a refrescar a memória no dia seguinte. nessas horas dá vontade de parar de beber mesmo. ou pelo menos tomar vergonha e não misturar com a efedrina do anti-alérgico. ou pelo menos, colocar alguma coisa na barriga além de um potinho de iogurte.

mas é aquela coisa: carnaval é sempre igual todo ano. e estando ali tão pertinho é impossível não gostar e não se divertir. foi fuderoso e tenho certeza que basta o ano virar pra eu começar a contar os dias pro sábado de zé pereira.