6.9.07

sonhos e ovomaltine

tive um sonho engraçado. uma antiga empregada lá de casa, ivanilda, que já morreu, inclusive, chegava com um carrinho de supermercado e, entre outras coisas, havia dentro dele minha agenda de 1992. vejam bem. aquela agenda que viveu escondida pra ninguém ler, ivanilda estava levando num carrinho de supermercado. perguntei "por que isso tá aí?". e ela dizia que rafael tinha pedido pra levar pra "alguém".

lá vou eu tomar satisfações com rafa. ele me explicava que precisava da agenda de juliângela porque nela havia algo escrito sobre ele e ele queria ver. minha agenda, obviamente, era em troca daquela preciosidade. estávamos sentados à mesa quando aparece ivanilda e a agenda de juliângela. ele acha a página onde tem escrito algo do tipo "rafa é um tesão", ou coisa parecida, rasga e coloca embaixo da mesa.

depois ele some. sempre tem sido assim, ele some nos meus sonhos. rola muito de acontecer algo e no momento crucial ele some. simplesmente se escafede (escafeder é verbo defectivo?). mas tem sido bom - e engraçado - sonhar com meu irmão. tenho sentido muita falta dele. das coisas corriqueiras, do dia-a-dia. de ter uma fofoca fenomenal pra contar e ele não tá lá. de querer mostrar alguma coisa no you tube. e ele não tá lá.

ontem mesmo eu tive uma vontade incontrolável de comer leite moça com ovomaltine. não sei explicar, eu nem tenho essas paixões todas por doces. mas tive. e, comendo aquele treco enjoado, me lembrei imediatamente dele. ele amava leite condensado com tudo: nescau, farinha láctea, até com leite em pó. era uma draguinha de açúcar, o rafa. me deu uma saudade tão foda... mas eu não conseguia chorar, só sentia aquela coisa presa dentro do peito.

bom, mas eu vou ficar bem. e se ele continuar me visitando nos meus sonhos eu vou ser a irmã mais feliz do mundo.

Nenhum comentário: