27.10.08

katylene de volta

a gente ficou tudo ÓRFEU depois que o papel pobre morreu. mas katylene tá de volta, pheena e ryca com seu blog .com. já está nos feeds.

21.10.08

e a choldra vai às compras

o lugar que a gente faz compras pro mês é um grande supermercado que vende no atacado e no varejo. como tal, é um supermercado bem freqüentado por populares (o povo que vende cachorro quente, por exemplo, vai lá comprar salsicha, pão e maionese no grosso). mas é ótimo porque eu encontro tudo que eu quero e preciso por um preço em torno de 20% mais baixo que nas grandes redes de supermercado.

mas justamente por ser freqüentado pela rafaméia, de vez em quando a gente escuta umas pérolas. hoje mesmo, a gente acompanhou alguns minutos uma família formada por pai, mãe, menino e menina. menino vira pra mãe e fala:

- quando eu crescer, eu só vou comer do meu dinheiro.

mais adiante, na seção de grãos e cereais:

- óa, mãe, compra soja.
- que é isso menino?
- é gostoso, eu já comi.
- e como faz isso?
- é igual a arroz
.

mais adiante, mãe segura um pacote de arroz integral. pai diz:

- mulher, larga isso. isso é arroz integral. tu sabe o que é isso?
- ...
- é muito ruim, rapaz, presta não. isso é coisa de diabético.


ah, a plebe rude e ignara!

na seção de sabonetes, três senhoras discutem sobre o de melhor fragrância:

- ó, esse aqui é cheiroso.
- mas vê esse aqui como é bom. parece danone, parece "iorgute".

já na seção de defumados, uma família discutindo quantidade de charque:

- é, leva um pacote desses aí.
- e já é bom porque quando faz feijão, não precisa fazer carne. come a carne do feijão.

nos queijos, um senhor vê tarta com uma ricota na mão e pergunta:

- já levou dessa antes?
- já.
- vim devolver. não tem gosto de nada.

20.10.08

e para manter o clima praia



eu sou dona de um olhar provocante e sensual
eu conquistei a todos na moral
eu sou estourada na bahia e no brasil
bicha igual a mim nunca existiu
eu tenho uma beleza incomparável que não se discute
não tem nenhum que me derrote no orkut!

pernambuco falando para o mundo

um domingo de praia em boa viagem:



pessoal filma uma menina fazendo cocô (cujo serviço ainda fica no biquini) e no final ainda aparece um cadáver trazido pelas ondas.

16.10.08

moz, tiamo

acabei de assistir a esse devedê do dermite. além de ficar me sentindo igual à menina infinito achando morrissey lindo e tudomais, cheguei à conclusão de que ele e chris isaak foram separados no nascimento:



mas o que eu queria dizer nem era isso. o show todo é fantástico, morrissey em sua melhor forma (física também). e o gran finale, com you've got everything now:



isso depois de jogarem flor no olho dele e de um coleguinha subir no palco, abraçá-lo com tapinhas nas costas e tudo, tipo velhos amigos, e não querer mais largar. tentou até beijar o pobre do morrissey na boca, vejam só que cousa.

aí eu nem contei que ganhei o menina infinito de cris, né? pois foi. ela fez uma espécie de concurso no blog, eu contei uma historinha lá e ganhei. acho que é a primeira vez que eu ganho alguma coisa num troço assim. brigada, dotora cris :)

quanto à história, bem... mesmo me sentindo velha demais, super midentifiquei, meo. aquela coisa de gostar de catar vinil em sebo... deixa pra lá. ai, meus 18 anos :~~~~~

e agora que vou sonhar com morrissey é que fudeu a tabaca de chola. uma pena o bichinho ser assexuado, né?

gorgeous zenzi

coleguinhas, tenho um fão! um fão meio 4ª série, na verdade, né? mas não deixa de ser um fão! vejam o servicinho que o amigo fez, que coisa fofa:



só fiquei triste com a falta de criatividade, né coleguinha? porque pegar idéia pronta de um post meu não é lá muito original. mas valeu a intenção!

13.10.08

enquanto a gente fica na barrinha de cereal,

o povo come bem nos vôos executivos mundo afora.



ê, vida de gado.

o táxi mais velho do mundo, te juro

aí, né, pessoa sai do dentista em direção ao ponto de ônibus e o tempo começa a ficar feio. decido que é mais sensato pegar um táxi, né? vai que cai aquela tromba d'água no meio do caminho pra parada e eu sem guarda-chuva, já viu o drama.

aí avisto um ponto de táxi. a etiqueta dos taxistas diz que o primeiro da fila é o táxi da vez, de modo que o passageiro tem que andar quilômetros até o começo da fila pra pegar o primeiro táxi, porque taxista nenhum vai fazer feio e deixar o colega na mão. claro que não. aí, cecília vai e pega o primeiro táxi. um fiat daqueles quatro portas, 1992, caindo aos pedaços. motorista gordo que ocupa sua cadeira mais o lugar da marcha. e do freio de mão. ok, vamos lá.

o carro começa um teco teco teco e ele acelera até nos sinais vermelhos pro carro não morrer. ok, vamos chegar inteiros ao destino, tenho fé. carro morre em pleno cruzamento da av. agamenon magalhães. motorista começa a suar. cecília calada observando o decorrer dos acontecimentos. carro pega de novo. motorista sempre acelerando pro carro não parar - pobrezinho só não sabe que dia desses o carro vai simplesmente desmontar assim no meio da rua e ele vai ter que voltar pra casa feito fred flintstone.

aí um determinado momento carro morre novamente e quando motorista consegue ligar o teco teco teco fica ainda mais alto que parece que tem alguém batendo embaixo. motorista mantém a calma e finge que liga pro mecânico:

- opa, fulano, o carro tá horrível. tou aqui deixando uma cliente perto da oficina, já passo por aí, me espera tá, obrigado.

isso numa ligação daquelas de novela, em que a pessoa mal dá tempo da outra falar. péssimo ator, o tal taxista, hein?

consigo chegar sã e salva na firma, motorista não tem troco pra 50. corrida deu 12 realezas, tenho 7. ele diz que fica com os 7 e vem buscar os outros 5 mais tarde.

uma hora mais tarde, interfonam da recepção:

- dona cecília, a senhora pediu um táxi?
- não.
- tem um taxista aqui embaixo.
- ah, deve ser o que eu fiquei devendo dinheiro. passe pra ele aí, por favor.
...
- pois não.
- oi, eu pedi pro senhor vir mais tarde pra eu poder trocar o dinheiro. tou sem dinheiro trocado aqui, não tive tempo de fazer isso nessa uma hora que se passou.
- ah, como a gente faz então?
- ahn... pera, vou ver se consigo 5 reais aqui.

difícil essa vida, gente. noção nenhuma no amigo taxista que deu vontade de chamar ele no cantinho e bater um papo, alertar pra vida, fazê-lo acordar. mas deixa isso prum ser humano mais humano do que eu.

dotora cris,

eu sofro do mesmo problema do gugonauta em questão:

pq quando eu bebo minha orelha fica quente- Porque algum bêbado em outro canto da cidade também tá falando mal de você, do mesmo jeito que você tá aí, descendo a lenha nos seus coleguinhas. Pensa que não?

eu, falando mal de alguém? nah, magina. incapaz, eu.

aliás, por que quando eu bebo minha cara toda fica quente e vermelha? será isso um sintoma de gente gorda y papudinha?

9.10.08

ok, confesso. não parei

the eyeballing game

vi esse joguinho no blog de cardoso e viciei:


não sosseguei até superar o score de 3.30 que fiz na segunda vez. mas parou, né? vamo trabalhar que é bom.

8.10.08

geléia de mocotó

aí eu tou aqui feliz da vida comendo geléia de mocotó (que agora vem em caixinha, que pena, achando tudo muito bom, tudo muito lindo, tudo djimais. mas cheia de culpa inside. por quê? basta olhar as informações nutricionais:

porção de 20g (1 colher de sopa)

valor energético 26 kcal
carboidratos 5,6g
proteínas 0,6g
gorduras totais 0
fibras 0
vitamina a 18mgc
vitamina b1  0,036mg
vitamina b6 0,039mg
vitamina b12 0,072 mgc
vitamina c 1,35mg
ácido fólico 12mgc

só que a caixa tem 220g, ou seja, 11 vezes mais que isso aí. 286kcal uma pequena caixa.

:O

aí eu me pergunto: de onde vem, meu san martin dos pobres, de onde vem tanta caloria no mundo?

a única coisa que explica é que deve ter 20kg de açúcar de confeiteiro dentro, só pode. e como é que ainda não fizeram uma geléia de mocotó light, por deus? porque não faz nenhum sentido tanto açucar no sangue do vivente. chega tou aqui ligadona, merminha ross naquele episódio de frenis.

vou mandar um email pra arisco. 

ontem, na escada rolante

menino bufando:

- mãe, quando eu chegar em casa, vou jogar play 2! play 2, play 2!
- ...
- e vou chamar marcídjo (?) e maídja (?) pra jogar.

errr... eu não quero nem saber como se escreve marcídjo e maídja pra não enguiar e acabar vomitando na minha baia. mas gostei do "play 2".

7.10.08

retrato em branco e preto


maravilhosas essas fotos de nova york do final do século 19, começo do século 20.

boa, boa

terry richardson e barack obama

ah, será que vai rolar fotinha com obama pelado/escatológico? pagando pra ver.

1.10.08

linques gisláine

- sofás de tudo que é tipo.

- produtos para a casa de homens solteiros.

- fundo preto e texto branco. NOT!

- bevel and emboss? NOT!

- fera esse calendário humano.

- paletas de cores criadas através de imagens.

- todo dia, uma ilustra.

- adesivo de parede é coisa do passado, a onda do momento é adesivo no chão.

- bebida e direção.

- lindos esses bolinhos de ícones do iphone.

- alfabeto de caminhão.